Desafios para a intralogística

As empresas de logística que insistirem em manter uma abordagem rígida e relativamente unidimensional de armazenamento e envio de mercadorias, terão dificuldades, num futuro próximo, para permanecer competitivas. Muitas empresas já começaram a utilizar sistemas de transporte semiautomatizados ou, até mesmo, totalmente automatizados. Portanto, para as empresas de logística é importante analisar quais são os passos necessários a tomar para não ficar de fora desta corrida em termos de desenvolvimento.

Futuramente, a ligação em rede entre a logística de dados e de transporte desempenhará um papel importante. Especialmente a Internet das Coisas (IoT) dará origem a veículos inteligentes e autônomos que criam soluções de logística automatizadas e flexíveis, que, nos dias de hoje, mal podemos imaginar. Se analisarmos o desenvolvimento do ponto de vista do E-commerce, onde o contínuo crescimento da produção é associado ao transporte de lotes cada vez menores, os centros de produção não terão condições de funcionar sem uma logística de transporte flexível e integrada. Ou seja, a Quarta Revolução Industrial (palavra-chave “Smart Factory”) só será concretizável, se os sistemas de intralogística forem capazes de fornecer pontualmente a matéria-prima, os produtos preliminares e os produtos finais no destino correto através de processos automatizados.

No entanto, estas conclusões ainda não obtiveram uma aceitação geral no âmbito logístico. “As empresas de médio porte ainda mantêm uma postura relativamente conservadora em relação a este tema e aguardam para ver o que fazem as grandes empresas. Só depois, passados alguns anos ou décadas, elas irão seguir o exemplo das “grandes”, observa Thilo Jörgl. Contudo, seria uma péssima estratégia em tempos em que a digitalização avança a passos gigantes. “Existem recursos menores, como manutenção preditiva, que já podem ser implementados sem problema algum, mesmo por empresas menores.”

Rainer Buchmann da SSI SCHÄFER destaca a mesma questão: “Uma máquina ou equipamento moderno geralmente já vêm com todos os elementos necessários integrados. Desta forma, qualquer empresa, independentemente do seu tamanho, já possui a base para a implementação do conceito da Indústria 4.0.”

[---Error_NoJavascript---]